Mulher, você sabia que seu corpo pode ser prejudicado por causa do salto alto? Eles podem ser de vários tamanhos, alturas, cores e modelos, mas o ponto em comum é a adoração que recebem por algumas mulheres. Por conta das alterações na postura, esse tipo de calçado levanta o bumbum, alonga a silhueta e é mundialmente conhecido como símbolo de elegância. Mas não é porque algumas gostam de usá-lo que o salto alto não tem contraindicação. Na verdade, os malefícios do uso desse modelo de sapato são inúmeros. Se você corre, isso pode afetar sua performance.

Close up shot of a pair High Heels shoes and runners

Foto: Val Thoermer/Fotolia

O Webrun conversou com o ortopedista Fábio Batista, ele explicou como o uso excessivo do calçado pode afetar as pessoas. “O uso constante de salto alto pode afetar a saúde dos pés, tornozelos, joelhos e coluna, pois altera a maneira de andar, provocando desvios e sobrecargas mecânicas no aparelho locomotor”, explica o ortopedista. Exagerar no salto alto pode trazer diversos tipos de problemas. “Dores nas costas, joelhos, plantas dos pés, alterações de unhas, joanetes, fraturas por sobrecargas, calosidades e tendinites, são os problemas mais comuns”, acrescenta.

O uso excessivo do sapato pode prejudicar, e muito, sua performance no esporte. Segundo Batista, o uso excessivo de salto pode fazer com que você sofra mais lesões. “Na corrida, devido às alterações biomecânicas, o uso do salto alto sobrecarrega alguns seguimentos osteomusculares, causando dores e prejuízos funcionais; e devido à instabilidade, pode favorecer eventos como entorses e quedas”, explica.

sport and elegant shoes

Foto: Obak/Fotolia

“Saltos de até 3 cm, do tipo plataforma, podem ser considerados seguros para o uso eventual, sem afetar sua performance. Para corridas, os tênis de boa qualidade com estruturas para amortecimento de impactos, ventilação e estabilidade, costumam oferecer condições mais adequadas para a prática de quem usa saltos”, conta o ortopedista.

Em um calçado normal, a parte da frente do pé recebe cerca de 40% da carga do corpo e a parte de trás, em torno de 60%. Com um salto muito alto, a parte frontal pode receber uma carga de até 100%. Por isso, o ideal é manter o salto de até 3 cm. Caso ele seja maior do que 7 cm, prefira o tipo plataforma, que equilibra a distribuição da carga gerada pelo peso corporal nos pés. Além disso, é indicado não passar mais de 4 horas de salto e usá-los apenas uma ou duas vezes na semana.

Fonte:https://www.webrun.com.br/salto-alto/